Até onde podemos bloquear os nossos sentimentos?

A pressão sobre cada ser humano já começa desde o momento do seu nascimento, seja através de um parto natural ou não. Daí, acredito que crescemos  tentando administrar as nossas boas e más sensações internas, ou sentimentos, de uma forma equivocada, afim de que os outros não façam um juízo inadequado de nós mesmos. Chegamos à vida adulta e esse sentimento de dependência continua bloqueando todo o acesso possível aquilo que costumo chamar de “ponte para a felicidade”.

Ser feliz pra mim é não ter que represar os meus sentimentos, pois isso me levaria a me tornar uma pessoa triste, mal humorada ou até depressiva.  Quando amo alguém ou alguma causa tenho necessariamente que extravasar de alguma forma essa sensação, caso contrário, corro o risco de provocar um dano ao meu interior que vai, certamente, acarretar dores ao meu corpo físico e mental.  Águas represadas são sempre as mais perigosas, né? Isso vale também pro amor. Não devemos represá-lo, para evitarmos  nos afogar em mágoas, arrependimentos e sentimentos de culpa. Fazê-lo fluir certamente vai provocar uma significativa transformação em nossas vidas. O amor é como uma seiva da qual não podemos abrir mão para o alimento do coração, oxigênio do cérebro e a cura definitiva da tristeza e daquela sensação de vazio.

Não viemos a esse mundo só pra ver a “banda passar”. Temos que ser parte dinâmica dessa ferramenta que chamamos de vida. E através desse dinamismo é que podemos provocar o resultado daquilo que queremos e podemos ser. Se nos recusamos a fazer isso por nós mesmos, podem acreditar, nem o Universo será capaz de fazê-lo!  E a chave de tudo isso se resume no quanto estamos dispostos a nos relacionarmos com os outros, nos despindo das nossas máscaras e assumindo o risco de abrirmos as represas de nossos sentimentos.

 

 

Eridam Pimentel – Blog Superarparanaopirar.wordpress.com – Fevereiro/2019

 

Anúncios

3 respostas para ‘Até onde podemos bloquear os nossos sentimentos?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s